6 Dúvidas Sobre os Ultrassons

O exame verifica se tudo está bem na gestação, acompanhando o desenvolvimento do bebê

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Exames, Gravidez, Saúde, Semana a Semana, Será que estou Grávida

O ultrassom é um grande aliado das mamães no pré-natal. Com o exame, o médico acompanha o desenvolvimento do bebê, as condições do útero, líquido amniótico e placenta e pode inclusive detectar algumas doenças. Selecionamos algumas dúvidas das mamães sobre a ultrassonografia. Confira a seguir:

ultrassom

 Como é feito o ultrassom?

A ultrassonografia é um exame de imagem, que faz uso de ondas sonoras de alta frequência para visualizar os órgãos. É possível realizar o ultrassom em hospitais, laboratórios ou no consultório do médico. A gestante realiza o ultrassom transvaginal no primeiro trimestre da gestação e o abdominal no segundo e terceiro trimestres. É totalmente seguro para o bebê.

O que o médico observa no ultrassom?

A ultrassonografia é capaz de apontar os primeiros sinais de gravidez, mostrando o saco gestacional após uma semana ou dez dias do atraso menstrual.  O médico consegue fazer uma previsão da data em que o bebê vai nascer, estabelecendo de quantas semanas está a gestação e se é de gêmeos, trigêmeos etc..

O exame permite observar o útero, a placenta e o bebê (a partir da 5º semana de gestação). Além disso, o médico visualiza as medidas do bebê, como comprimento, tamanho do fêmur, bem como o peso. Uma grande emoção para os pais é ouvir os batimentos cardíacos do feto.

O exame visualiza ainda os órgãos, membros e ossos.

Quando é possível descobrir o sexo do bebê?

Geralmente, a mamãe já consegue saber o sexo do bebê por volta da 20º semana, isso se ele não estiver de perninhas cruzadas.

Quantas ultrassonografias tenho que fazer no pré-natal?

Não existe um número pré-determinado de ultrassonografias no pré-natal, mas é importante que a gestante realize pelo menos um em cada trimestre da gravidez. Se a gravidez for de risco, a frequência dos exames aumenta. Veja com o seu médico quantos exames ele recomenda ao longo de toda a gestação.

 Quais doenças o ultrassom pode detectar?

O exame pode diagnosticar síndromes fetais, malformações, bem como algumas doenças, como anencefalia, hidrocefalia, dentre outras.

Assim, é de fundamental importância que a gestante realize as ultrassonografias porque, dependendo da doença que é detectada, o tratamento ou intervenção pode começar ainda no útero. A ultrassonografia também permite fazer um acompanhamento de infecções no feto, como a rubéola.

foto de ultrassom

Um ultrassom importante é o de translucência nucal (TN), que aponta o risco para alguma alteração cromossômica, e é feito a partir da espessura da nuca do bebê. Se o exame apontar o risco de alguma alteração, pedirá um exame mais específico para comprovar.

Na ultrassonografia, o médico pode utilizar o recurso doppler, que analisa os vasos sanguíneos do bebê, do útero e cordão umbilical, apontando algum problema.

 O que é ultrassom 4D?

Um ultrassom mais sofisticado é o 4D, que muita mamãe gosta de fazer para ver principalmente a carinha do bebê. Esse ultrassom é um complemento do ultrassom tradicional, sendo importante para a verificação de alguma malformação, já que as imagens são detalhadas, principalmente no rosto, podendo apontar alterações como o lábio leporino.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.