Alergias Comuns na Infância

A maior parte das alergias surge na infância e precisam de cuidados especiais.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Crianças

A maior parte das alergias começa a se desenvolver na fase de infância e algumas, se não tratadas adequadamente, acompanham o paciente por sua vida.

As mamães sabem: as alergias são perigosíssimas para seus filhos, não apenas pelo desconforto que elas causam, mas também devido ao perigo que causam à vida da criança, dependendo do tipo de alergia.

Mas calma, mamãe! As alergias mais comuns na infância são de fácil diagnóstico e tratamento!

alergia

Origem das alergias

A origem das alergias depende de dois fatores: o ambiente onde a criança está e sua predisposição genética. Caso os pais sejam alérgicos, a criança terá maior chance de também ser. Mas, ele também ser o único alérgico da família.

Complicado mamãe? Nem tanto! O importante é entender que cada criança possui um organismo e saber identificar os sinais que o corpinho do seu filho te dá. Quando se fala de saúde não existe uma regra única, mas existem os sintomas e situações mais comuns, portanto, esteja sempre atenta ao seu pequeno!

Quais os tipos de alergia mais comuns na infância?

As alergias mais comuns na infância são as alimentares, em decorrência ao consumo de alguns alimentos, as alergias respiratórias e as alergias cutâneas (de pele).

Alimentos que mais causam alergia

O alimento que mais causa alergia em criança é um dos alimentos indispensáveis para seu crescimento: o leite!

O leite de vaca é o alimento que está no ranking de causas de origem de alergias em bebês, especialmente os recém nascidos ou ainda em fase de amamentação.

O ideal é que todo bebê seja amamentado com leite materno, mas nem sempre isso é possível. Caso esse seja seu caso, o pediatra lhe indicará uma alternativa para substituição do leite materno. Se o seu bebê apresentar alergia, fale com o médico.

Os principais sintomas da alergia alimentar são:

  • Vômito
  • Diarréia
  • Mal-estar (o bebê pode ter crises de choro, a criança pode ficar desanimada, muito quieta)
  • Erupções cutâneas
  • Complicações respiratórias

Atenção mamãe: caso você amamente seu bebê, esteja atenta ao que você come! Muito cuidado com o excesso de alimentos a base de leite de vaca, se seu bebê for alérgico, ele apresentará reação alérgica.

alergias

Outros alimentos que causam alergia: ovos, peixes, castanhas, chocolate e frutos do mar.

Alergias respiratórias

São mais comuns em tempos secos ou quando tem mudança drástica de temperatura. É comum na forma de rinite alérgica ou asma. Pode ser causada pelo tempo ou por poeiras (ácaros) presentes no ambiente, mesmo em casa.

A criança pode apresentar crises de tosses e dar a impressão que a criança está sempre gripada ou resfriada.

Alergias cutâneas

Pode ser sintoma de outras alergias, como a alimentar, ou reação a alguns componentes químicos presentes em roupas, por exemplo. Nesse último caso é conseqüência de contato.

Observe a pele de seu filho e se está apresentando erupções ou manchas avermelhadas.

Como tratar

Caso seu filho apresente reações alérgicas, independente da causa ou freqüência, não entre em pânico e vá imediatamente para um médico para diagnóstico e tratamento.

Lembre-se: alergia é coisa séria!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios