Qual a Banheira Ideal para o Banho do Bebê?

Veja o que escolher o modelo certo para o seu filho

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: 1 a 2 Anos, Até 1 Ano, Bebês, Crianças, Recém Nascidos

Um momento muito prazeroso na relação mamãe e bebê é a hora do banho. No começo, é mais difícil, porque o recém-nascido é muito frágil, mas, com o passar dos meses, o banho se torna um momento de muita diversão para o bebê.

Um dos itens fundamentais para o banho é a banheirinha. Mas como escolher a banheira ideal para o seu filho? São tantos modelos que as lojas oferecem que fica realmente difícil decidir.

bebê na banheira

Dicas para a melhor compra

Confira nossas dicas para ajudar na hora da compra da banheira do bebê:

  • Antes de escolher o modelo mais bonito, saiba que a banheira deve ser segura para o bebê e prática para a mamãe, que vai utilizá-la todos os dias. Então, observe, na hora da compra, se o item cabe no espaço que você reservou na sua casa.
  • A maioria dos modelos são feitos de plástico  e é importante que tenham uma parte mais elevada onde o bebê vai sentar para que ele não escorregue. Quando o bebê ainda não senta a opção é comprar um assento redutor de profundidade ou redinha própria para banheira para acomodá-lo, o que ajuda bastante a mamãe na hora de segurá-lo.
  • As banheiras grandes são boas opções para quem pode deixar um banheiro exclusivo para o bebê, assim o item não vai atrapalhar ou ter que ser mudado de lugar o tempo todo.  Escolha uma que venha com uma mangueira, o que facilita a saída da água.
  • As opções de banheira com suporte evitam que a mamãe fique agachada e com uma baita dor nas costas. Veja se o suporte tem travas para evitar acidentes.  A banheira pode vir ainda com um compartimento para colocar o xampu, sabonete, toalha ou outros objetos.
  • Outras, além do suporte, vêm junto com um trocador, o que facilita na hora de tirar o bebê do banho, secá-lo e colocar a roupinha, tudo no mesmo lugar. Veja se o trocador é confortável para o bebê e fácil de limpar.
  • Se você adquirir uma banheira sem suporte, acomode-a em um lugar seguro e firme, como uma mesa ou cômoda, que aguente o peso da água e bebê e que não escorregue. Se não houver onde apoiar, a dica é coloca-la no chão mesmo, evitando riscos de queda.
  • Uma tendência é a utilização de uma espécie de ofurô na hora do banho do bebê. Trata-se na verdade de um balde, com um assento anatômico. Esse banho propicia relaxamento para o bebê, que fica com água até o ombro, o que lembra a vida intrauterina. Não é muito prático para a mamãe ensaboar o bebê e não é indicado para bebês acima de seis meses.

banheira ideal

-Para quem tem limitação de espaço, a dica é comprar uma banheira dobrável, mas o modelo exige atenção na hora de guardar: ela deve estar bem seca antes de ser dobrada para evitar fungos.

Na hora da viagem

Quando se faz uma viagem com o bebê, a bagagem é bem grande. Uma das preocupações é saber se será necessário transportar a banheira do bebê. Como é um item que ocupa muito espaço, uma boa dica é levar uma banheira dobrável ou inflável. Verifique se a banheira inflável possui assento com uma textura para evitar que o bebê escorregue.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.