Bebê Nervoso ao Amamentar? Veja o Que Fazer

Fatores físicos e emocionais podem contribuir para que o seu bebê fique irritado na hora de mamar e, por isso, você deve ficar atenta aos seus sinais.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Até 1 Ano, Bebês

Como os bebês ainda não falam, seu único meio de comunicação é o choro e, por isso, choram e gritam quando estão irritados, agitados, com cólica, nascimento dos dentes, desconfortáveis, com fome, sujos ou com saudades do colinho… Normalmente, esses choros começam a partir dos 15 ou 20 dias de vida, mas têm o pico nas 6 semanas. Felizmente, quando os nenês completam 3 meses, essa fase passa e eles se tornam mais calminhos… No entanto, se você é mamãe de primeira viagem, pensará que qualquer choro é motivo de doença ou um problema grave, o que quase sempre não é! Para tanto, saiba porque o seu bebê está nervoso ao amamentar e veja o que fazer nessa situação:

bebe-nervoso-ao-amamentar-veja-o-que-fazer

Por Quê Meu Bebê Está Agitado?

Existem várias causam que podem estar deixando o seu bebê agitado na hora da amamentação, sendo uma das principais é o desbalanço entre os horários do leite anterior e o posterior, que pode ser gerada por uma pega errada, subótima, ineficiente, inacabada ou muito curta. Refluxos de ejeção também faz com que o estômago da criança fique vazio por mais tempo, o que lhe deixará com uma desconfortável sensação de fome. Outras razões para essa irritação podem ser uma assadura no bumbum, uma candidíase por causa de fungos, intolerância ou alergia alimentar, redução da produção do leite, a confusão dos bicos entre outros. Mas se você percebe que não é nenhum desses casos, é importante consultar o pediatra para que ele indique o melhor tratamento para o seu bebê.

A Influência do Ambiente

Lembre-se de que o seu bebê, até pouco tempo atrás estava super protegido no seu útero, sem sofrer com o barulho, a agitação e a poluição que temos aqui fora. Além disso, esse mundo é completamente novo para ele e, por isso, ele poderá ficar agitado se o ambiente em que está for extremamente barulhento, agitado e estressante, com som alto, brigas e excesso de visitas. Portanto, mantenha-o em um local calmo e tranquilo para que ele cresça saudavelmente. Outros fatores que geram a ansiedade são o cansaço, a solidão, o excesso de estímulos e a falta de carinho e de atenção. Seu bebê ainda é muito sensível e você precisa estar sempre ligada a esses fatores importantes para o seu desenvolvimento.

Fases de Saltos de Crescimento

Algo que as mães, por estarem sempre grudadas aos seus bebês, pouco percebem, são os saltos de crescimento, que acontecem muito rapidamente, principalmente no primeiro ano de vida da criança. Como é desconfortável para o nenê, ele acorda mais durante a noite para mamar, tornando-se mais agitado, exigente e faminto! Mas não fique nervosa, pois esse período dura somente alguns dias e, depois, você terá momentos de paz novamente. Preocupe-se menos com as cólicas e a agitação e comece a medir o seu filho, porque ele está esticando! Não perca essas fases tão importantes para ele! Esteja sempre presente, faça-lhe carinho, converse com ele, cante para ele, balance o seu berço e mime-o enquanto puder, pois quando ele crescer, não será apenas seu, mas do mundo!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios