Boca Amarga na Gravidez

Normalmente, a boca amarga é causada por alterações hormonais comuns a essa fase da vida da mulher, mas não é nenhum problema de saúde.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Problemas

Algumas mulheres, quando grávidas, têm como efeito colateral uma redução do paladar ou a distorção dele, o que é denominado pela comunidade médica como disgeusia. Ainda não se sabe ao certo o motivo pelo qual ele aparece, mas acredita-se que seja por causa das alterações hormonais comuns a essa condição da mulher. No entanto, felizmente, isso não quer dizer que as mamães que sofrem com esse gosto ruim na boca possuem algum problema de saúde. Na realidade, acontece com várias mulheres e pode ser amenizado com alguns truques. Se você sofre com esse problema, conheça melhor a boca amarga na gravidez.

Boca-Amarga-na-Gravidez

O Que Causa a Boca Amarga?

Na realidade, ainda não se sabe ao certo as razões pelas quais o paladar se altera em algumas grávidas, mas há evidências de que seja motivado às alterações hormonais ou pelo aumento das papilas gustativas comuns a essa fase. Assim, enquanto algumas mamães sentem distorções no sabor dos alimentos, outras passam a sentir um gosto metálico na boca, o que as incomodam bastante.

Outro motivo pode ser o uso de pílulas hormonais, antibióticos, vitaminas pré-natais entre outros remédios ou suplementos necessários durante a gravidez.

Como Minimizar o Problema

Felizmente, há como reduzir esse sintoma. Os médicos costumam recomendar a escovação mais frequente dos dentes com pasta de dente com sabor de hortelã, pois refresca mais o hálito. Além disso, faça gargarejos com soluções que diluem bicarbonato de sódio em água, em uma mistura de 1/4 de colher de sopa de bicarbonato com 1 xícara de chá de água para neutralizar o pH bucal. Quando estiver fora de casa, apele para balas, chicletes ou gomas de menta ou de hortelã e invista nas frutas e sucos cítricos, já que o citrino encontrado nesses alimentos neutraliza o sabor metalizado e aumenta a salivação. Por fim, ingira muita água durante o dia que te ajudará a ficar livre do sabor horrível na boca e ainda eliminará toxinas e te manterá hidratada nessa fase da sua vida.

Esse Sintoma Causa Algum Problema?

Apesar de ser muito incômodo sentir distorções no sabor dos alimentos, esse sintoma não causa mal algum, tanto para o bebê quanto para a mamãe. Portanto, pode respirar tranquila e apenas se cuidar para amenizar esse sabor na boca.

Entretanto, se a disgeusia vier acompanhada por mau hálito por causa da falta de saliva, pela salivação excessiva ou pela dificuldade na alimentação devido ao sabor ruim, a situação pode se agravar, o que pedirá ajuda médica. Então, peça o acompanhamento do seu ginecologista ou obstetra e também do seu dentista para se ver livre desse incômodo.

Não Descuide da Alimentação

Agora, mesmo que você esteja com esse terrível sintoma no paladar, não deixe de se alimentar corretamente. Antes de mais nada, lembre-se de que há uma vidinha se formando em seu ventre e que depende completamente de você para ser saudável e forte. Sendo assim, mesmo que sinta gostos alterados, não abandone as frutas, os legumes e as verduras. Se preferir, cozinhe-os e bata-os no liquidificador, pois em forma de creme ficarão um pouco mais saborosos e leves.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios