Como Acostumar seu Filho a ir para a Própria Cama

Veja dicas para ajuda no processo de colocar seu filho na própria cama

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: 1 a 2 Anos, 2 a 3 Anos, 3 a 4 Anos, 5 a 6 Anos, Crianças

Não há nada mais gostoso do que dormir ao lado da pessoa que você mais ama no mundo: seu bebê. De fato, especialistas recomendam que o bebê fique o mais próximo possível da mãe até completar os quatro meses de vida, pois essa fase de transição intrauterino mundo exterior é muito complexa para um bebê, que é muito frágil.

Mas passado esse tempo, até onde é saudável manter seu filho tão perto assim? Até quando faz bem para ele dormir com os pais? Quando você deve acostumá-lo a ir para a própria cama?

O desafio é maior do que a maioria das famílias reconhece e a verdade é que esse processo não é só dele, é seu também e de seu marido também!

bebê dormindo

Porque incentivar seu filho a dormir em sua própria cama

Independência. Só por isso. Seu filho deve aprender desde cedo a ter responsabilidades e ser independente. E cabe a você proporcionar isso a ele.

Por mais aconchegante que possa ser para você e seu filho dormirem juntos (afinal você pode ficar perto dele a noite inteira, sentindo seu cheirinho, atenta à sua respiração, protegendo-o de todos os males do mundo), alcançada certa idade o ideal é que ele tenha seu próprio espaço, seu próprio quarto, sua própria cama.

E quanto mais o tempo passar, mais difícil será para ele se desgrudar de vocês e mais difícil será para vocês manterem uma união saudável, devido à falta de privacidade, intimidade e pelo alto grau de estresse (afinal, com um bebê se movimentando a noite toda na cama, o efeito colateral é garantido: uma noite mal dormida e muita dor no corpo no outro dia!).

Dicas para acostumar seu filho a dormir na própria cama

O processo demanda paciência, perseverança e muita força de vontade! Vai ser difícil, mas acredite, o esforço vale a pena para todo mundo.

  1. Comece cedo! Se seu filho já tem seis meses de idade já está na hora de você começar a incentivá-lo ir para a própria cama (ou nesse caso, berço!). Quanto antes ele começar, mais fácil será o processo de adaptação tanto dele quanto seu. Basta você tentar. À noite, você deverá ir até o quarto dele, trocar suas fraldas e amamentá-lo quando necessário. Seja forte, nada de trazê-lo para sua cama de volta!
  2. O pai da criança também participa do processo! Nada de tentar dar conta de tudo sozinho! Seja na hora de levar o bebê para o berço dele, ou seja, para acordar de madrugada, o papai também deve entrar em ação!

criança dormindo

  1. Ele já dorme com a gente e agora? Nada de pânico! O processo pode ser mais difícil, mas pode ser mais divertido! Nada de agressividade! E nada de ceder às manhas: a meta tem que ser estabelecida!
  2. Ritual para hora de dormir! Faça um ritual para a hora de dormir do seu filho. Estabelecer hora para dormir e acompanhá-lo para ler uma historinha pode ser muito produtivo, muito prazeroso e muito divertido (para vocês dois!).

Explique! Ele deve saber o porquê deve dormir sozinho! Seja paciente com ele.

Não desista! Vale a pena!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios