Como Contar Sobre a Gravidez

Contar sobre uma gravidez pode gerar resistência e conflito, e buscar a forma e situação ideal é muito importante para a aceitação da família.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Semana a Semana, Será que estou Grávida

Comunicar uma gravidez para pais, parentes e amigos (e para o pai da criança) pode ser um problema muitas vezes, principalmente se a gravidez é de certa forma, indesejada para aquele período das suas vidas. O receio de contar é presente principalmente em meninas mais novas e sem o preparo psicológico adequado, mas esse passo difícil terá que ser tomado porque o apoio de todos será fundamental para todo o processo de gravidez. Desde a confirmação, a dúvida de como contar e pra quem contar aparece dia e noite na cabeça da futura mamãe, e imaginar a reação e o julgamento das pessoas pode ser uma das piores torturas para uma mulher.

como contar

Confirme

O primeiro passo para que a gravidez possa ser comunicada a todos é a confirmação adequada de que você realmente está grávida. Se a sua menstruação está atrasada e você tem ciclos regulares, um teste de gravidez de farmácia pode ser o ideal e o suficiente para a confirmação. Mas se o seu ciclo não for tão regulado e atrasos são frequentes na sua vida, recorra também a um exame de sangue. Essa confirmação certa é muito importante principalmente nos casos em que poderá haver resistência da família em aceitar a ideia ou conflitos com pais e com namorados, já que passar por tudo isso sem a certeza da gravidez pode gerar aborrecimentos à toa.

Logo os exames cheguem e a gravidez seja mesmo confirmada, respire fundo e parta para o comunicado. Há diversas formas de fazer isso, mas em todas as situações é necessário baixar a guarda e agir com toda a tranquilidade possível, evitando maiores conflitos.

Procure alguém de confiança

Logo quando a gravidez for confirmada, busque alguém que você confie para dividir a notícia. Pode ser uma melhor amiga ou amigo, mas o ideal é que seja alguém da família em que você possa confiar, e que te ajude a enfrentar a resistência dos seus pais. Uma tia, padrinhos ou avós podem ser a resposta, evitando que você carregue o peso de um segredo e buscando orientações sobre como proceder.

Essa pessoa mais velha não só saberá te orientar a respeito dos testes de gravidez, mas também ela conhece a história da sua família (no caso de um parente) e sabe a reação de cada um a essa situação, já vivida com certeza muitas vezes no seio da família.

Seu namorado é responsável também

Não tome para si toda a responsabilidade do fato. O pai da criança é tão responsável quanto você na concepção, e deve estar do seu lado tanto na hora de receber o resultado dos testes quanto na hora de contar para a sua família. Isso deve ser evitado apenas se já houver conflitos entre seu namorado e seus pais, o que pode gerar uma intolerância ainda maior.

gestação segura

Mas não o deixe fora do processo, já que o apoio dessa pessoa deixa sempre a mulher mais segura e confiante na hora de enfrentar cada fase, sabendo que não está sozinha e não estará em nenhum momento da gravidez. Não o deixe agir com irresponsabilidade e cobre maturidade, já que não é hora de buscar culpados, mas sim de encontrar soluções.

Se por algum motivo o pai da criança não assumir, atitude cada vez mais comum nos homens de hoje, o apoio da sua família será ainda mais importante, então evite de qualquer forma brigas com seus pais e parentes. Tente mantê-los ao seu lado e explique situação com a calma de quem está se preparando para a complicada tarefa de ser mãe. Só a sua confiança e força na hora de dar a notícia já é um indicador preciso de que você está preparada para a fase que se segue.

Situações propícias

Contar sobre uma gravidez pode gerar um momento tenso, e se esse for o caso procure buscar a situação ideal. Nada de contar em festas ou em passeios e viagens, já que muitas vezes a reação dos seus pais é de certa forma imprevisível. Procure um momento de relativa tranquilidade na sua casa, e evite qualquer momento em que uma briga ou conflito já esteja em andamento.

Se você tem uma cumplicidade maior com um dos dois, ou se acha que um dos seus pais receberá a notícia de forma crítica, tente conversar com eles separadamente. Se você conseguir o apoio inicial de um deles já tem metade do caminho percorrido, e terá uma ajuda importante na hora de contar para a outra parte, que causará maiores problemas.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios