Como Criticar seu Filho da Maneira Correta

Saiba como repreender a criança de maneira positiva

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: 1 a 2 Anos, 2 a 3 Anos, 3 a 4 Anos, 5 a 6 Anos, Bebês, Crianças

Neste mundo em que vivemos, saber conviver com as críticas é muito importante, e aliás, é justamente a capacidade de lidar com frustrações que faz um adulto bem-resolvido. Isso nos torna pessoas mais aptas a lidar com os possíveis problemas e decepções que, com certeza, em algum momento surgirão. Seja do patrão, de um amigo ou namorado, as críticas fazem parte do nosso cotidiano e, bem feitas, acrescentam e nos ajudam a superar a nós mesmos o tempo todo.

As crianças ainda não têm mecanismos para lidar com as críticas como nós adultos. Elas precisam ser treinadas para isso, ensinadas a lidar melhor com estas apreciações negativas. Devem começar a entender, desde cedo, que os julgamentos e as censuras que os outros fazem de nós devem ser levadas em consideração ou não, dependendo de vários outros fatores.

pai brigando com filho

Dicas para criticar o seu filho

  • Enfoque a ação a ser criticada e não quem a cometeu. Por exemplo, se o quarto está bagunçado, critique este objeto, enfatize que fica feio, junta sujeira, não é agradável. Não critique a criança diretamente: Você não arrumou e está tudo desorganizado! Assim, seu filho entenderá que a crítica é em relação ao que ele deveria ter feito e não em relação à sua pessoa propriamente dita.
  • Mantenha a calma e tenha paciência. As crianças não vivem sob as regras de comportamentos, etiquetas, escolares e sociais como nós vivemos. Elas precisam ter tempo para assimilar tudo isso, e só a partir daí, passar a se comportar como o esperado.
  • Solicite a ajuda da criança para avaliar se esta situação é merecedora de crítica e por quê. Isto é fundamental para ajudá-la no processo descrito pelo item anterior. Ela mesma, com sua ajuda, irá construir o que é bem vindo e o que não é bem vindo. Irá determinar também o motivo pelo qual é melhor que algo saia de uma determinada forma em detrimento de outra.
  • Nunca use palavrões ou palavras desagradáveis. Evite que seu filho cresça levando sempre as críticas por um lado negativo e eu por isso nunca queira recebe-las e nem ouvi-las de ninguém. Associe calma, carinho, dialogo e explicações em suas críticas.

Dicas para acertar o momento certo de criticar o seu filho

pai criticando filho

  • De preferência, só o critique quando estiverem sozinhos. Criticar o seu filho na frente de outras pessoas pode fazer com que aflore um sentimento de vergonha e acanhamento quando ele estiver sendo criticado. Estes sentimentos fazem com que a energia criativa que poderia ser utilizada para levar a critica numa boa seja utilizada para pensar o que fazer neste momento em que passa vergonha.
  • Não compare seu filho durante a crítica. Criticas já não são fáceis de lidar. Se vierem acompanhadas a exemplos de comparações de outras pessoas brilhantes que fizeram melhor que seu filho não o ajudará em nada em colocar em prática as melhoras que uma crítica pode lhe trazer.
  • Não se exalte. Criticar, xingar e gritar, tudo ao mesmo tempo, pode fazer com que seu filho associe que tudo sempre andará junto. Ele poderá desenvolver um sentimento de defesas contra receber críticas e, não é isso o que você quer.

São dicas simples e fáceis de seguir. Exceto quando estamos completamente fora do controle e muito nervosas. Nestes momentos, é preferível deixar a crítica para depois, ou então, conversar com alguém que se mantenha calmo, sobre o que você realmente gostaria de falar para o seu filho nesta situação. Assim que os ânimos acalmarem, vá até ele e explique você mesma.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios