Como Planejar o Quarto do Bebê

Saiba quais itens não podem faltar no cantinho do seu filho

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Bebês

As mamães, antes mesmo de engravidarem, já sonham em como será o quartinho do bebê. Muitas já têm até alguns temas de decoração definidos, tanto para meninos quanto para meninas. É muito gostoso pensar em como será esse cantinho, mas saiba que são muitos itens que precisam ser resolvidos, por isso, o planejamento do quarto do bebê deve começar logo.

quarto do bebe

Depois que a mulher descobre o sexo do bebê, lá pelo quarto mês de gestação, já pode pensar em como será o quartinho dele: em qual cômodo da casa será instalado, se vai precisar de pintura ou troca de piso. Tudo isso deve ser resolvido até o segundo trimestre para que a mamãe tenha tempo para realizar esses serviços, para depois comprar os móveis.

Escolha uma decoração suave, sem carregar muito nas cores ou fazer muita mistura de tons. Tome cuidado para não fazer uma decoração que só sirva para quando seu filho for bebê. Muitas vezes, é melhor escolher um tema infantil e comprar móveis neutros que possam ser usados quando a criança crescer um pouquinho.

Depois de selecionado o tema do quartinho, que inclui escolher as cores das paredes, colocar papel de parede ou adesivos, os pais devem decidir qual será o estilo dos móveis: clássicos, modernos ou rústicos. As lojas oferecem muitas opções, mas antes de sair comprando, nunca se esqueça de que esses itens devem ser funcionais, afinal o quarto será usado para trocar fralda e amamentar.

Quando for à loja de móveis, leve as medidas do quarto para escolher peças de tamanhos corretos. Para espaços pequenos, a dica é escolher guarda-roupas com portas de correr ou berços que já incluem gavetas ou nichos.

Itens básicos

berço

Os móveis básicos são: berço (que pode ou não virar uma caminha quando a criança crescer), guarda-roupa ou cômoda (muitos guarda-roupas já vêm com gavetas), mesinha de apoio e poltrona de amamentação. A cômoda pode servir como trocador ou, se você não comprar cômoda, dê preferência para berços que vêm com trocadores.

As cadeiras de amamentação costumam ser grandes e ocupar muito espaço. Se o quarto for pequeno, procure alguma outra poltrona (de sala ou escritório), que pode ter o mesmo uso.

Para deixar o ambiente mais aconchegante, compre cortina ou persiana (que não acumula pó), tapete, abajur, quadrinhos, pufes, prateleiras ou nichos para colocar bichinhos de pelúcia ou outros enfeites.

Não se esqueça do mosquiteiro, muito importante para proteger o bebê dos insetos. Verifique se o berço escolhido já vem com o varão ou se você precisará instalar depois. Tem também os kits de berço, que vêm com cabeceira e laterais, além de edredom. Tome cuidado para não deixar o berço muito entulhado até com perigo de sufocar o bebê.

Berços: normas do Inmetro

Ao escolher o berço, certifique-se que ele tem o selo do Inmetro, uma garantia de segurança para seu bebê. A norma, que vale tanto para berços fabricados no Brasil como para os importados, estabelece que as peças devem ter cantos arredondados, não ter furos ou aberturas maiores que sete milímetros e espaço entre as grades entre 4,5cm e 6,5cm. As grades devem ter ainda trava de segurança.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios