Evacuação do Bebê

A evacuação do seu bebê é única: aprenda sobre ela e saiba quando é normal e quando está normal.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Até 1 Ano, Bebês

Muitas mamães ficam na dúvida se o a evacuação do bebê está certinha, pois ela vai mudando de acordo com a idade e a alimentação. Além disso, quando perguntam para outra mamãe dificilmente o que ela tem a dizer sobre o cocô do bebê é igual o caso de seu filho.

Mesmo mamães que já tem filhos percebem esse fenômeno: do mesmo jeito que cada criança tem seus hábitos de dormir, comer, alergias, autonomia própria, o cocô também é sempre diferente.

Fica então a dúvida: como saber a evacuação do meu bebê está normal?

bebê evacuando

Como saber se a evacuação não está normal

A evacuação do seu bebê, desde características até a quantidade, dependerá de seu bebê. Lembre-se: cada organismo tem seu próprio ritmo de funcionamento, assim como acontece com os adultos, cada bebê terá sua própria rotina de evacuação. Aprenda, portanto, a rotina de evacuação de seu bebê.

Existe uma grande diferença entre a rotina e características do cocô do bebê que mama no peito e do bebê que é alimentado por fórmula industrializada (leite em pó para recém nascidos ou bebês maiores até dois anos).

Independente da forma como você alimenta seu bebê, esteja atenta se ele demonstra desconforto ou dor ao defecar. Caso a resposta seja positiva, procure o pediatra de seu filho.

Esteja atenta também se aparecer sangue nas fezes ou se ela mudar drasticamente de característica. Por exemplo: se o bebê está fazendo cocô empedrado ou se ele já é maiorzinho e o cocô está muito aguado.

Alterações no cocô ou rotina de evacuação do seu bebê podem indicar problemas de saúde ou reação do organismo a alimentos ou hábitos diversos. Se algo estiver errado, procure o pediatra.

Quanto é normal em cada idade?

  • Recém nascidos: Bebês com poucos dias de vida fazem cocô preto esverdeado, melecado. Esse primeiro cocô é chamado mecônio, que é constituído do material que se acumulou no intestino do bebê durante a gravidez e o colostro (o primeiro leite que sai do seio da mãe). Normalmente o cocô será desse jeito por três dias. Posteriormente ele ficará mais esverdeado e pastoso. Nessa época, é natural que o bebê faça cocô após cada mamada. Após duas semanas de vida, o cocô muda ficando mais amarelado e líquido.

evacuação de bebês

  • Bebês que mamam leite em pó: o cocô é diferente, mais amarelado ou amarronzado, mais firme do que pastoso. Isso acontece devido ao tipo de alimentação. O bebê fará menos cocô do que se alimentado por leite materno, mas é preciso estar atenta: ele deve fazer cocô todos os dias para evitar prisão de ventre e acúmulo de fezes no intestino.
  • De seis meses a um ano: a partir dos seis meses de vida, a alimentação do bebê muda com as papinhas, sopinhas, frutinhas, verduras, etc. Mudando-se a alimentação do bebê, é natural que o cocô mude. Nessa época normalmente o bebê faz cocô duas ou três vezes por dia, bem mais consistente, dependendo do alimento ingerido.

Observe a rotina de evacuação do seu bebê: é a melhor forma de você saber se está tudo certo ou algo está errado!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios