Exercícios para o Músculo do Assoalho Pélvico (Técnica Kegel)

Esses músculos são geralmente negligenciados pela mulher, e são de grande importância para o bem-estar e a saúde por toda a vida.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Parto, Problemas, Quero Engravidar

Os músculos do assoalho pélvico são aqueles que estão localizados entre as pernas, que passam pela frente do corpo até a região da espinha, na localidade do músculo pélvico. Eles são importantíssimos para a mulher, já que sustentam a bexiga, o útero e o intestino, e são responsáveis pelo controle que a mulher tem no fechamento do ânus, vagina e uretra. Basicamente esses músculos atuam o tempo todo no corpo da mulher, e são essenciais tanto na função excretora quanto para as relações sexuais.

Quando esses músculos não funcionam corretamente, esse mau funcionamento pode gerar incontinência urinária, redução no prazer sexual e outros problemas que tanto incomodam a mulher durante a gravidez, reduzindo o bem-estar durante essa fase que normalmente já é complicada.

exercícios kegel

Por que realizar os exercícios

Os músculos do assoalho pélvico geralmente são esquecidos pelas mulheres, mesmo que tenham uma importância tão grande para a sua saúde e bem-estar. Como não movem nenhuma articulação ou membro, eles não são trabalhados normalmente por nenhum exercício localizado comum. Os músculos são geralmente lesados durante o parto, e perdem muita força ao longo do tempo e com as alterações hormonais relacionadas à chegada da menopausa. Dessa forma, os exercícios da Técnica de Kegel são importantíssimos para a mulher.

Como realizar os exercícios

Os exercícios podem ser realizados em qualquer hora e em qualquer lugar, pois são simples e não necessitam de qualquer posição peculiar. Muitas pessoas preferem praticá-los enquanto estão deitadas ou sentadas, principalmente para conseguir uma maior concentração na prática. Em casos específicos, os exercícios devem ser realizados em 50 repetições diárias (mais ou menos em três sessões ao dia), o que não leva mais do que poucos minutos, numa rotina que demora cerca de três meses para surtir efeito. Mas que certamente realiza o objetivo posto.

técnica kegel

1. Esvazie e bexiga

2. Contraia os músculos do assoalho pélvico (que controlam a saída do ânus e da vagina) e conte até 10, respirando normalmente nesse intervalo de tempo.

3. Relaxe os músculos do assoalho pélvico e conte até 10.

4. Realize repetições alternadas entre lentas e rápidas, sempre respirando continuamente.

Outras recomendações

Para manter os músculos funcionando corretamente, é importante que os exercícios sejam mantidos sempre, como um hábito diário que aumentará a qualidade de vida e evitará qualquer tipo de problema. Lembre-se de não ir ao banheiro simplesmente sem vontade, esvaziando a bexiga somente quando ela já estiver cheia. O sobrepeso também pode sobrecarregar esses músculos, de forma que o controle do peso também é uma das medidas que evita problemas nessa região.

Para testar o funcionamento dos músculos, tente interromper o fluxo da urina e das fezes, tentando controla a sua saída e exercendo uma excreção mais consciente. Além disso, para a mulher a função sexual é importantíssima para esses músculos, sendo que a contração voluntária da vagina no ato sexual pode aumentar a qualidade da relação ao mesmo tempo em que mantém a saúde da região em perfeito estado sempre.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



1 comentário

  1. carla

    aminha mestruacao nao ta atrazada mais eu sinto tudo de gravides menos injoo e vomito e tountura eu posso tar gravida

Comente!




*Campos obrigatórios