Gestação Anembrionária

A gestação anembrionária é difícil de ser constatada e causa muita decepção para a mulher.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Problemas

A gestação anembrionária é muito comum mas não é tão conhecida, sendo que dificilmente encontramos alguém que sabe o que isso significa ou já passou por essa situação. Mas nos hospitais e clínicas isso é visto com certa frequência, sendo que é importante que a mulher saiba que esse tipo de gravidez existe e o que ela significa. A gestação anembrionária é, como o próprio nome diz, uma gravidez em que não há, depois de certo tempo, embrião para se desenvolver.

gestacao anembrionária

O saco gestacional aparece vazio, sem qualquer embrião que possa um dia se transformar em um bebê. O ocorrido é tido para os médicos um evento natural, e segundo os especialistas qualquer mulher pode vir a sofrer com esse inconveniente, já que não existem explicações definidas para o fenômeno.

No início da gestação anembrionária pode não haver qualquer sinal de que algo está errado, e muitas vezes a mulher pensa que ainda está grávida como antes. Não há dor nem qualquer sangramento, e a mulher se sente grávida como antes, já que os hormônios continuam a agir e a preparar a mulher para as mais variadas situações da gravidez e do parto.

Mas uma diminuição dos sintomas da gravidez e dos níveis de hormônio podem ser observadas na maioria dos casos, mesmo que sejam algumas vezes muito difíceis de serem percebidos. A mulher só percebe ou tem certeza do que está acontecendo quando passa pelo ultrassom, onde é verificado finalmente que não há qualquer embrião se desenvolvendo dentro do útero daquela mulher.

Causas

As causas desse fenômeno não são totalmente explicadas pela maioria dos especialistas, e a gestação anembrionária é, na maioria das vezes, considerada como um mero capricho da natureza, e apenas são consideradas as possibilidades naturais de um feto se desenvolver, vencidas todas as barreiras para isso.

O embrião pode vir a não se desenvolver por erros naturais ou não no processo de fertilização, e em alguns casos a união do óvulo com o espermatozoide simplesmente não produz os frutos que deveriam produzir. Como o hormônio ainda é produzido, o aborto não ocorre, e a expulsão do saco gestacional não ocorre nas primeiras semanas, e muitas vezes até o final dos primeiros meses da gestação.

exames da gestação

O que isso significa para o corpo da mulher?

Ao contrário de muitos outros problemas com o desenvolvimento e crescimento do embrião, a gestação anembrionária não significa qualquer descuido, mau hábito ou incidente durante a gravidez, e não há qualquer indício de que a mulher terá dificuldades em engravidar em uma próxima vez. Por isso, apesar do choque ao constatar que a sua gravidez não está progredindo e que nenhum feto será gerado no seu útero, a mulher poderá engravidar novamente sem problemas.

Pode ser natural para a mulher certo receio ou medo de engravidar e ocorrer o mesmo problema de novo, mas as mulheres que passam na sua primeira gravidez pelo processo da gestação anembrionária não têm qualquer problema na sua segunda tentativa, pelo menos não ocorre qualquer problema associado ao primeiro. Essa gestação é tida como uma espécie de fatalidade, mas dificilmente se repete, principalmente porque não há qualquer causa real impedindo aquela mulher de gerar um bebê.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



10 comentários

  1. Alyne

    nossa estou muito mau, sofri um aborto espontâneo dia 06.09.2014 pois tive gravidez anembrionaria e hoje fui a minha consulta do pre natal pra falar com a medica, ela disse que é comum que pode ou não acontecer novamente e que tem mulheres que nunca vão conseguir ter um bebe nem mesmo por fertilização em vitro estou preocupada com medo e com muita vontade de chorar sabe !!!! estou muito triste não sei o que fazer.

  2. vivia

    vivia eu ja sofri dois aborto seguidos e gostaria de saber se corro o risco de acontecer novamente comigo se tenho dois filhos vivos

  3. xxxxx

    Eu tive duas gravidez sem embrião em 1 ano. É comum? Será que existe alguma incompatibilidade entre eu e emu marido?

  4. PAMELA

    EU JÁ TIVE ESSA GRAVIDEZ QUERIA SABER SE É ALGUM PROBLEMA GENETICO OU HORMONAL E PORQUE OCORRE ISSO ? e se posso ter outra gravidez anembrionaria .

  5. Andressa

    eu tive uma gestação anembrionaria e logo em seguida tive o aborto mais no mesmo mes acabei engravidando de novo e hoje estou de 14 semanas e muito bem pra Deus nada é impossivel

  6. neilane

    eu tive duas gravidez inembrionada e normal tenho medo de tentar de novo e acontecer a mesma coisa

  7. Ane

    Eu tive 3 uma em 2013, 2014 e 2015. Fiquei traumatizada. Tenho esperança de ainda engravidar, mas muito medo que aconteça novamente. Acho que só por um milagre!

    • Anônimo

      Oi Ane,tudo bem eu tive 02 uma em 2011 e outra agora em 2016,o que seu medico falou.Adriana

  8. Eva

    Olá meninas
    Em março de 2014 eu descobri uma gravidez anembrionaria, engravidei de novo e minha filha nasceu em fevereiro de 2015, e em março de 2016 tive outra gravidez anembrionaria. Acredito que eu não tenha nada pq na segunda gravidez ocorreu tudo bem. Eu sei que é triste, eu passei por isso duas vezes, mas vou tentar ate ter meu bebe.

  9. RENI

    estou muito triste estou com uma gravidez embrionária sem embrião o medico mi deu 10 dia para ver ser forma. se nao forma vou te q fazer coletagem chorei muito,mas deus e maravilhoso coloquei nas mãos do senhor

Comente!




*Campos obrigatórios