Gravidez de Gêmeos

Acompanhe os cuidados especiais que as gestantes devem ter quando esperam dois ou mais bebês

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Semana a Semana

Não é difícil encontrar mulheres que sonham em ser mãe de gêmeos; por outro lado, têm outras que se apavoram só de pensar nas dificuldades de cuidar de dois ou mais bebês. A gestação múltipla pode ser decorrente de fatores genéticos ou pode acontecer com tratamentos de fertilização.

Mulheres de famílias com casos de gêmeos têm maior probabilidade de uma gestação gemelar. Há mulheres que podem apresentar dupla ovulação, facilitando também uma gravidez de gêmeos.

Os gêmeos podem ser bivitelinos (gêmeos fraternos), formados a partir de óvulos e espermatozoides diferentes ou univitelinos (gêmeos idênticos e do mesmo sexo), quando são formados pelo mesmo óvulo e espermatozoide.

gêmeos

Cuidados Especiais

Aquelas que descobrem que serão mamães de gêmeos devem se preparar porque a gestação pede alguns cuidados especiais. Por isso, as consultas do pré-natal são mais frequentes para que o médico possa acompanhar o estado geral da gestante, principalmente para prevenir pré-eclâmpsia e anemias. Além disso, nos ultrassons ele observará a posição dos bebês na placenta e seu desenvolvimento.

A confirmação da gravidez múltipla acontece por meio da ultrassonografia. Mas se o ultrassom for realizado muito cedo, pode ser que não seja possível visualizar um dos bebês.

As grávidas de gêmeos têm maiores chances de desenvolver pré-eclâmpsia, que é o aumento da pressão arterial, podendo trazer riscos para a mãe e para o bebê. Assim, se sentir dor de cabeça, visão embaçada, inchaço ou outros incômodos, procure seu médico. O acompanhamento da pré-eclâmpsia é feito com aferição da pressão arterial e exames de urina.

Como saber se estou grávida de gêmeos? As gestantes de gêmeos tendem a engordar mais e sentir com maior intensidade alguns sintomas como enjoos e vômitos por conta da quantidade do hormônio gonadotrofina coriônica humana (hCG).  O cansaço acompanhará a grávida, que deve se preocupar em descansar e dormir bastante. Algumas podem sentir falta de ar, visto que o diafragma fica pressionado. Por conta do tamanho da barriga, a dor nas costas também é mais comum nessa gestação.

Dessa forma, atenção especial à alimentação: a gravidez pede um cardápio variado e balanceado com nutrientes, principalmente ferro, para garantir energia para mamãe e para o crescimento dos bebês.

Como o repouso é muito recomendado para essas mulheres, principalmente no final da gestação, é importante, para aquelas que trabalham, entrar antes de licença-maternidade. O descanso evita o parto prematuro e a mãe consegue ter mais energia para os cuidados dos recém-nascidos.

gêmeas

Parto

O parto de gestação múltipla costuma acontecer antes do tempo, mas nem todos os bebês nascem prematuros. É possível levar a gravidez até a 37ª ou  até a 38ª semana. Caso os gêmeos sejam idênticos e dividam a mesma placenta, o parto pode ser realizado mais cedo, porque podem ocorrer complicações. E saiba que, apesar de a maioria das mulheres realizarem cesáreas nesses casos, é possível ter os bebês de parto normal.

Como o trabalho é duplo ou triplo para a mamãe de gêmeos ou trigêmeos, conte com a ajuda das avós, tias e amigas. Você vai precisar! Aproveite ainda para conhecer experiências de outras mamães: dicas são sempre bem-vindas!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios