Homeopatia na Infância

A homeopatia na infância é uma excelente alternativa de tratamento de doenças e sintomas

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Até 1 Ano, Bebês

A homeopatia na infância vem sendo bastante utilizada e recomendada, devido às suas características e efeitos positivos para a recuperação e manutenção da saúde da criança.

homeopatia

O que é

A homeopatia é uma técnica de medicina de tratamento alternativo que visa o tratamento de patologias ou quadros médicos, bem como a manutenção da saúde dos usuários e prevenção no desenvolvimento de outras doenças.

Ela pode ser utilizada para o tratamento de diversas doenças e sintomas e não existe restrição de idade para sua utilização, podendo ser aplicada em bebês desde quando recém nascidos até mesmo em adultos.

Ela é diferente do tratamento médico convencional, baseado na administração de medicamentos industrializados, adquiridos em farmácias. Em comparação a esses medicamentos farmacêuticos, a homeopatia é um tratamento mais leve, menos prejudicial à saúde da criança e que trás resultados a maior prazo.

O tratamento feito com remédios industrializados parece um tratamento de choque para o organismo da criança, podendo trazer alguns malefícios. Nesses aspectos, a substituição pela homeopatia é mais indicada, devido a seus benefícios prolongados e duradouros.

Não existe uma idade para ser iniciado o tratamento, no entanto, a prática de automedicação é contraindicada.

Os medicamentos homeopáticos devem ser produzidos de acordo com a necessidade de cada criança. Portanto, nada de pegar medicamento ou receitas de outras pessoas para ministrar em seu filho! Isso é extremamente perigoso e além de poder auxiliar no desenvolvimento da doença (fazendo efeito contrário) pode levar à morte da criança.

Quais benefícios

Estudos apontam que a homeopatia na infância apresenta diversos benefícios para as crianças e quanto antes for iniciado o tratamento melhor.

A principal vantagem é  que a homeopatia não apresenta efeitos tóxicos para o paciente. Isso significa que ao optar pela homeopatia ao invés do medicamento tradicional (ou convencional, o farmacêutico) você não permitirá que seu filho fique sujeito aos efeitos colaterais indesejáveis do tratamento.

Além disso, os remédios homeopáticos são seguros para os pacientes, tem efeito rápido e prolongado e garante o desenvolvimento da imunidade da criança, pois fortalece suas defesas.

homeopatia para bebês

Por ser um medicamento à base natural, manipulado de acordo com o organismo da criança e sua necessidade, ele não atacará aos órgãos ou sistema imunológico da criança (ainda muito frágeis), causando náuseas, diarréia, vômitos ou reação alérgica ao tratamento.

Por fim, ele é mais fácil de ser ministrado uma vez que a dose é feita por bolinhas. E o gostinho adocicado facilita o trabalho das mamães ao oferecer o medicamento para seu pequeno.

Consultas

A consulta com o homeopata é como uma consulta com qualquer outro profissional médico. Ele fará a anamnese (o exame geral) para identificar o que deve ser tratado e posteriormente fará algumas perguntas relacionadas aos hábitos familiares. Por fim, ele indicará a melhor homeopatia e a dosagem adequada.

Caso seja necessário, ele indicará outros profissionais, especialistas em outras áreas para auxiliar no tratamento.

Posteriormente, haverá outras consultas de rotina para acompanhamento do tratamento.

Quais casos podem ser ajudados com homeopatia

  • Cólicas
  • Distúrbios de sono
  • Distúrbios emocionais ou psicológicos
  • Alergias respiratórias (asma, rinite) e cutâneas
Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios