Movimentos Fetais

Como identificar quando o bebê se mexe na barriga

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Semana a Semana

Um momento muito marcante na gestação é quando a mãe sente, pela primeira vez, o movimento do seu bebê na barriga. Os primeiros movimentos podem ser difíceis de ser identificados, mas com o tempo a mulher começa a perceber a mínima movimentação do seu filho. Algumas mães percebem mais facilmente como o bebê se mexe lá dentro, pois tem um conhecimento mais aguçado de seu próprio corpo ou porque já estão em uma segunda ou terceira gestação.

bebê mexendo

Os movimentos do feto podem ser vistos no ultrassom e começam a ser sentidos pela mãe no quarto ou quinto mês de gestação. Como inicialmente é muito suave, a mãe pode até confundir com gases ou com a sensação de bolhas se movendo na barriga. Mas depois os movimentos são mais claros e podem até formar saliências no abdômen da mãe.

Os movimentos ficam mais intensos e marcantes na medida em que o bebê cresce, porém bem no finalzinho da gestação, nas últimas semanas, fica mais difícil a movimentação, porque o feto tem pouco espaço na barriga.

O bebê dá chutes, cambalhotas, se estica, sendo que alguns são mais ativos que outros. Eles dormem várias vezes ao dia e acordam movimentando-se, porém apresentam um ritmo diferente do da mãe. Por isso, muitas mulheres sentem os bebês fazendo a maior folia, ao acordarem de madrugada.  A mãe começa a notar também algum horário em que seu filho se mexe mais.

Resposta a estímulos

movimento fetal

O feto pode começar a responder a algum som ou voz ou ficar mais ativo depois que a mãe se alimenta. Muitas vezes, quando o pai chega perto da barriga, encosta sua mão e conversa com o bebê, ele pode responder com algum movimento. Aliás, as mexidas do bebê podem ser uma grande emoção para toda a família: pais, avós, irmãos e tios podem por a mão na barriga da gestante para sentir o bebê.

Pode ser mais fácil perceber a movimentação fetal quando a mulher está deitada, principalmente para um dos lados.  Porém, o aconselhável é sempre deitar virada para o lado esquerdo para não pressionar a veia cava que leva sangue para o útero, principalmente quando a barriga está bem grande.

Mamãe preocupada

A mãe fica apreensiva quando o filho fica muito tempo sem se mexer. Mas como o bebê apresenta um ritmo próprio, o ideal é esperar mais um pouco ou deitar-se de lado para perceber se há alguma movimentação. Caso isso não ocorra procure o seu médico.

Mas quando a mãe realiza o pré-natal corretamente, o médico faz o acompanhamento regular do desenvolvimento do bebê, ouvindo seus batimentos cardíacos, por meio da ultrassonografia. Portanto, se ele garante que está tudo bem não há motivo para se preocupar.

Contrações de Braxton-Hicks

Entre o sexto e sétimo mês de gravidez, a mulher pode confundir as mexidas do feto com contrações. Não são as contrações do trabalho de parto e sim contrações indolores, que deixam um lado da barriga mais saliente: são chamadas de Braxton-Hicks e já são um treinamento para o nascimento do bebê.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



1 comentário

  1. nathalia

    ola meu nome é nathalia faz uns dois meses que sinto alguma coisa mexendo na minha barriga ja tenho um filho e ja senti isso qua do estava gravida dele….minha menstruaçao esta normal mais estou preocupada pq as pessoas falam que tem mulheres que menstroa na gravidez oque pode ser me ajudem

Comente!




*Campos obrigatórios