Quais São os Sintomas de Gravidez na Primeira Semana?

Não confunda os sintomas da gravidez com a ansiedade pela vontade de engravidar, pois no período pós-ovulação os níveis de progesterona também aumentam.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Será que estou Grávida

Normalmente, a mulher que quer engravidar começa a sentir inúmeros sintomas da gravidez após a ovulação, mas ficam tristes ao descobrirem que foi mais um alarme falso. Isso acontece porque, no período pós-ovulação, o hormônio progesterona está em alta, assim como em uma grávida. Infelizmente, muitos dos sintomas podem ser causados por esse aumento ou simplesmente por impulsos psicológicos, que determinam a gravidez psicológica, que inclusive faz com que a barriga cresça. Para saber definir se você realmente está grávida, saiba quais são os sintomas de gravidez na primeira semana:

quais-sao-os-sintomas-de-gravidez-na-primeira-semana

Quais São os Sintomas nas Primeiras Semanas?

Se você não quisesse engravidar, certamente não sentiria esses sintomas, ou os sentiria e saberia que são sinais de que sua ovulação terminou. Nesse período, há um aumento significativo nas taxas do hormônio feminino conhecido como pregesterona, o mesmo que tem as taxas elevadas durante uma gravidez. Portanto, é comum que, logo após as primeiras semanas, você sinta ânsia de vômito, azia, dor de cabeça, excesso ou falta de apetite, náusea, barriga inchada, dores nas mamas, que ficam inchadas, pesadas ou com os bicos pontudos, pontadas no baixo ventre e vontade de urinar a todo momento. Infelizmente, em 99% desses casos, são sintomas de pós-ovulação.

Gravidez Psicológica

Dificilmente uma mulher sente todos esses sintomas no primeiro mês de gravidez, porque eles começam a aparecer aos poucos, se aparecerem, pois há mulheres que não sentem nada e só vão descobrir que estão esperando um bebê depois do terceiro mês. No entanto, se você sente esses sintomas, vá à farmácia e compre um teste de gravidez para tirar a sua dúvida. Quando as mulheres estão muito emocionadas e ansiosas por gerarem um filho, sentem esses sintomas apenas psicologicamente, tamanha é a sua vontade de engravidar. Em alguns casos, a barriga até começa a crescer. Sendo assim, tenha calma e paciência, porque a gravidez geralmente acontece quando estamos mais calmas e relaxadas.

E a Menstruação?

Se passou um mês da última ovulação e a sua menstruação ainda não veio, pode haver um ótimo sinal de gravidez, mas é sempre bom esperar um pouco, afinal, você está muito ansiosa, o que pode afetar o seu ciclo. Além disso, o seu ciclo pode ser irregular, principalmente se parou de tomar a pílula há pouco tempo. Portanto, paciência e teste de gravidez para saciar sua ansiedade!

Fecundação, Mas Não Gravidez

Infelizmente, em muitos casos a fecundação até acontece, mas isso não quer dizer que ela gerará uma gravidez. Isso porque, quando a fecundação ocorre, há uma atividade mais intensa do corpo lúteo, que passa a secretar mais progesterona devido à influência da enzima do blastocisto sobre o comportamento do corpo lúteo. Com isso, o endométrio se torna mais grosso, facilitando a gravidez. Isso quer dizer que os sintomas podem ter ocorrido, mas não é certeza de que você conseguirá ter um bebê dessa vez, porque o óvulo até pode ter sido fecundado, mas não implantado corretamente. Por isso, sua menstruação virá naturalmente. Então, não se afobe, pois quando for a hora de você se tornar mamãe, isso acontecerá. Faça todos os exames necessários junto ao seu marido, pois nem sempre o problema é só com a mulher. E continue tentando! Boa sorte!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios