Remédios Perigosos para Gestantes

A automedicação, tão praticada de forma irresponsável pelos brasileiros, pode ser um sério risco à saúde do bebê.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Problemas, Quero Engravidar

A velha recomendação de que não se deve tomar remédios sem prescrição médica é conhecida por todos, mesmo que a maioria da população não siga essa recomendação. E o hábito da automedicação, praticado em muitos países como o Brasil, se torna muito mais perigoso no momento em que a mulher está no período de gestação. A futura mamãe deve se preocupar durante todos os nove meses, dia após dia, com o que coloca para dentro do seu corpo, seja um prato de comida ou um simples analgésico.

Os nutrientes e substâncias consumidos pela mãe são automaticamente transferidos para o bebê, que tem órgãos pouco desenvolvidos e um organismo pouco preparado para lidar com a maioria dos compostos químicos que fazemos uso.

remédios de gravidez

Mas esse cuidado não é exatamente o que se observa na prática pelas mães, fato revelado por uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo, no campus de Ribeirão Preto (FCFRP). Essa pesquisa revelou que aproximadamente 60% das mulheres entrevistadas não haviam recebido orientações sobre quais remédios poderiam ser utilizados durante o período da gravidez, para combater ou aliviar sintomas comuns e desconfortos constantes. E o grande problema é que na gravidez a mulher sofre muitos desconfortos, muitas dores e dificuldades, e se houver o costume de se automedicar isso será realizado com bastante frequência.

Exemplos de medicamentos

Aspirina

A aspirina é um dos medicamentos mais usados sem orientação médica, um analgésico potente de riscos ignorados pela maioria da população. Mas na gravidez é importante que seus efeitos sejam conhecidos: ela é famosa por causar sangramentos e prejudicar a passagem de oxigênio do corpo da mãe para o bebê, e em muitos casos pode levar ao aborto.

Diclofenaco

O diclofenaco também é um velho conhecido dos brasileiros, que geralmente o solicitam nas farmácias como se realmente tivessem propriedade e soubessem do que se trata. Esse medicamento é, da mesma forma que a aspirina, prejudicial para a mãe e principalmente para o bebê, levando em diversos casos a sangramentos e outras complicações.

Raunatin

Essa é uma das drogas mais perigosas no período da gravidez, mas não é tão comum quanto as anteriores (principalmente no Brasil). O raunatin é um composto muitas vezes utilizado contra a hipertensão, e causa em muitos casos atrasos no desenvolvimento do feto.

pílulas perigosas

Óleo de Rícino

Esse óleo é muito conhecido para o uso contra a constipação, e também é recomendado em alguns casos quando o bebê sofre atrasos para o nascimento, como um indutor natural ao parto. Mas o problema é que o uso desse produto não é totalmente seguro, e em alguns casos pode levar ao aborto.

A busca da orientação

Na época gestacional é necessário que a mulher esteja mais próxima do seu médico, e faça mais visitas á ele do que de costume. Isso pode parecer óbvio (principalmente pela continuidade do pré-natal), mas o que queremos dizer é que uma ponte de informação deve ser estabelecida com o seu médico para casos mais urgentes. O ideal é que logo nas primeiras consultas a gestante solicite uma série de informações ao médico, principalmente como aliviar os principais sintomas que vem sentindo.

Enjoos, cólicas e dores no corpo podem ser aliviados e eliminados com métodos diferentes das drogas tradicionais, bem mais leves e efetivos e que carregam menos riscos para a criança. Se não se sentir segura, peça o telefone do seu médico, e não hesite em telefonar se alguma dúvida urgente surgir.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



1 comentário

  1. maria de fatima da silva

    eu quero saber se estou perdendo liquido, estou de 6 meses e sempre sai um liquido branco.mas nao sei identifica tem como envia uma foto para mim ,porque nao sei se estou ou nao perdendo liquido.

Comente!




*Campos obrigatórios