Riscos da Gravidez Com Mioma ou Cistos

Embora a maioria dos casos de mioma durante a gravidez não apresentar riscos para a mãe ou para o bebê, o acompanhamento médico é essencial.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Problemas

O mioma ou cisto é um tumor benigno que nasce no útero, podendo chegar a 20 centímetros de diâmetro. Ele acomete cerca de 7% da população feminina que se encontra na faixa etária entre os 20 e os 45 anos de idade. Normalmente, está associado à dificuldade reprodutiva por dificultar o alcance do óvulo pelos espermatozóides, mas é completamente possível engravidar com um mioma. Porém, se ele estiver presente ou aparecer durante a gravidez, há alguns riscos para a mamãe e para o bebê. Saiba quais são eles:

Riscos-da-Gravidez-Com-Mioma-ou-Cistos

Como Saber Se Tenho Mioma

Como geralmente o mioma não apresenta sintomas incômodos, passa a ser percebido somente durante a gestação. Por isso, é muito importante que você faça todos os exames antes de tentar engravidar para sanar esse problema e, assim, não correr os riscos provocados por ele. Quanto mais cedo for detectado, menos será alterado o ciclo menstrual, facilitando assim a gravidez. Infelizmente, as causas do surgimento do mioma ou cisto ainda são desconhecidas.

Mulheres Com Mioma Sofrem Mais Para Engravidar

O mioma pode dificultar a gravidez porque se torna um obstáculo para que o espermatozóide encontre o óvulo, principalmente se ele for submucoso (perto da cavidade uterina e a distorce) ou o intramural (parede uterina, comprime as trompas). No entanto, se mesmo com o mioma você conseguir engravidar, dificilmente haverá problemas ou riscos durante a gravidez ou no parto. Entretanto, é muito importante ter um acompanhamento médico para reduzi-los ao máximo e o seu bebê nascer saudável.

Possíveis Riscos de uma Gravidez com Mioma

A gravidez faz com que mais hormônio estrogênio seja liberado, o que favorece o crescimento considerável do mioma. Com isso, pode haver maiores possibilidades de ocorrer um parto prematuro, dificuldades no parto, aborto espontâneo, sangramentos, prisão de ventre, dores durantes as relações sexuais e dificuldade para urinar. Entretanto, a maioria das mulheres passa toda a gravidez sem nem sequer saber que havia um mioma em seu útero, pois não sentiu dores ou incômodos. Porém, é sempre importante se lembrar do acompanhamento médico em todos os tipos de gestação, pois os problemas podem acontecer de repente.

Dá Para Tratar o Mioma Durante a Gestação?

Como o bebê está crescendo dentro do útero com mioma, ainda não é possível tratá-lo durante o período da gestação, ou poderá haver riscos para a criança. O que poderá acontecer é um acompanhamento mais cuidadoso do ginecologista para que não haja complicações ou para amenizar alguns sintomas incômodos durante a gravidez e no parto.

Principais Tratamentos Para Mioma ou Cisto

Após o parto, você finalmente poderá tratar do seu mioma. Para tanto, existem os tratamentos cirúrgico ou intervencionista e o clínico. No primeiro grupo, encontram-se a histeroctomia, que é a retirada total do útero, o que evita a reincidência e a miomectomia, que é a retirada do tumor através de diversas técnicas, mas ele pode retornar. No segundo grupo, que é também conhecido como medicamentoso, estão os anti-inflamatórios, que reduz os sangramentos e as dores sem diminuir o mioma e os análogos do hormônio GnRH, que simulam a menopausa o que reduz o mioma, apesar de não ser um tratamento definitivo.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios