Riscos da Gravidez Depois dos 40

Apesar de alguns riscos para a mãe e para o bebê, a gravidez após os 40 anos está se tornando cada vez mais comum.

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Problemas

Muitas mulheres estudam por longo tempo, trabalham para conquistarem o seu espaço no mercado de trabalho e constroem as suas vidas com solidez. Porém, quando abrem os olhos, já passaram dos 40 anos e ainda não tiveram filhos! Isso tem acontecido cada vez mais na vida moderna, pois há tantas preocupações e obrigações que não há tempo para se pensar na prole, o que vem adiando cada vez mais a maternidade. Entretanto, será que é saudável para a mãe e para o bebê a gestação nessa fase da vida? Tire suas dúvidas nesse artigo que fala sobre os riscos da gravidez depois dos 40:

riscos-da-gravidez-depois-dos-40

Riscos de Infertilidade

O principal risco após os 40 é a infertilidade, afinal, a mulher nasce com um número definido de células que se transformarão em óvulos ao longo de sua vida. O ápice da fertilidade se encontra entre os 20 e 30 anos e, a partir de então, a quantidade de células embrionárias decai consideravelmente, especialmente depois dos 40, quando muitas mulheres começam a sentir os primeiros sintomas da menopausa.

Contudo, se você está mesmo disposta a engravidar, vá em frente, pois atualmente existem vários tratamentos de fertilidade ou a fertilização in vitro, com a qual é possível gerar um bebê perfeitamente.

riscos-da-gravidez-depois-dos-40-1

Riscos Para a Grávida

Infelizmente, se você engravidar após os 40, estará mais propensas a doenças pré-existentes ou que sejam comuns à idade como a hipertensão, a obesidade, o diabetes, disfunções da tireóide entre outras. Complicações durante a gestação também são mais comuns: aborto espontâneo, pré-eclâmpsia, anomalias na placenta, diabetes gestacional, gestação múltipla, crescimento intra-uterino restrito, parto prematuro e macrossomia. Para tanto, você terá que redobrar os cuidados com a sua saúde, alimentando-se saudavelmente, praticando atividades físicas e deixando o álcool e o cigarro de lado, não somente durante a gravidez, mas depois que o bebê nascer, pelo menos até ele parar de mamar.

Riscos Para o Bebê

Por outro lado, o bebê corre mais riscos de nascer com Síndrome de Down, esquizofrenia, diabetes tipo 1, baixo peso, prematuro e hipertenso. Para evitar alguns desses problemas, ingira ácido fólico por 3 meses antes de tentar engravidar.

Vantagens de Engravidar Após os 40

Nem só de desvantagens se faz uma gravidez após os 40. Em todo o mundo, as mulheres têm optado, em primeiro lugar, por suas carreiras, o que as fez adiar a maternidade e, assim, a medicina teve que correr atrás do prejuízo para realizar o sonho delas. Uma das principais vantagens é que, nessa idade, tanto as mulheres quanto os homens já se encontram em uma posição financeira confortável, além de terem mais maturidade, podendo criar os seus filhos com mais dedicação, segurança e seriedade.

Como as mulheres já puderam curtir bastante a vida, conheceram o mundo e se divertiram bastante. Estando maduras, poderão se dedicar única e exclusivamente ao seu bebê, dando-lhe toda a atenção e carinho, o que o fará crescer forte, saudável e inteligente, pois terá lido tudo sobre bebês, maternidade, boa alimentação e educação.

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios