Sexo na Gravidez

Relações sexuais na gestação são recomendadas. Veja como aproveitar esse momento

Artigo publicado por Patrícia Ribeiro nas categorias: Gravidez, Semana a Semana

Mudança de corpo, enxurrada de hormônios e a cabeça a mil podem dificultar o sexo na gravidez. Os casais consideram o assunto delicado e têm muitas dúvidas se a relação sexual vai prejudicar o bebê. Se a gestação não for de risco, saiba que o sexo é até benéfico: ele deixa a grávida mais relaxada e alegre.

sexo na gravidez

Mas é claro que com tantas transformações físicas e emocionais que a gravidez traz para a mulher, em alguns momentos ela pode ter sua libido diminuída ou sentir algum desconforto por conta do tamanho da barriga. Então a regra número um é: os dois devem estar dispostos e o sexo não pode ser visto como uma obrigação.

Muitas vezes, mesmo o pai pode não se sentir à vontade de ter relações enquanto a mulher está grávida. Ele também fica em conflito pois quer protegê-la  e pode passar a vê-la como mãe.  A dica, portanto, é conversar bastante, deixando de lado as cobranças e entendendo o tempo de cada um.

Bebê bem protegido

Saiba que a penetração não traz incômodo algum ao bebê, visto que ele está muito bem protegido pela bolsa de água. Outro mito é que o orgasmo possa estimular o parto: isso não é verdade. Mas se o casal estiver muito preocupado, pode namorar com muitos beijos, carícias e masturbação.

Em uma gravidez que esteja transcorrendo normalmente, o sexo é até recomendado. Apenas em casos como de risco de aborto, sangramento, deslocamento da placenta ou outros fatores que o médico irá avaliar podem restringir o sexo no período da gestação.

Fases da gestação podem interferir no desejo sexual

sexo na gestação

No primeiro trimestre, a mulher sente muitos enjoos,  cansaço e sono, o que pode atrapalhar a vida sexual. Mas tenha calma e paciência porque é no segundo trimestre que muitas mamães têm a libido aumentada e a barriga não chega a atrapalhar a relação sexual. Já nos últimos três meses, o apetite sexual pode diminuir, o cansaço fica maior, a mulher pode ter dor nas costas e o barrigão que pode dificultar o sexo. Na fase final da gestação, a mulher também fica muito ansiosa, já que a chegada do bebê está próxima.

A mulher também fica mais atraente na gestação, com seios mais volumosos, o que pode apimentar ainda mais a vida sexual do casal.

Em qualquer período da gestação, teste qual a posição é mais confortável, para que a mãe consiga usufruir totalmente desse momento. Quando a barriga estiver grande, aposte na posição em que os dois ficam de lado.

Converse com o seu médico e tire todas as suas dúvidas sobre o sexo na gravidez. Assim, você e seu companheiro podem aproveitar essa fase tão especial de um modo prazeroso que irá unir ainda mais o casal.

E no Pós-parto?

Muitas mulheres querem saber quando poderão ter relações sexuais após o parto. Isso vai depender se o bebê nasceu de parto normal ou cesárea. Via de regra, a mulher pode voltar a ter relações 40 dias após o parto. O médico irá orientá-la!

Patrícia Ribeiro

Autora

Patrícia Ribeiro é mamãe 24h por dia de dois filhos maravilhosos e dedica seu raro tempo livre à compartilhar suas descobertas com outras mamães.



Comente!




*Campos obrigatórios